quinta-feira, 11 de abril de 2013

Óleos essenciais para ataque de pânico


Um ataque de pânico pode iniciar sem aviso e sem uma razão óbvia,  trazendo com isso um medo esmagador e  um terror paralisante.  A experiência é muito mais intensa quando se tem a sensação de estar estressado e frequentemente as vítimas ficam apavoradas e relatam que estão enlouquecendo, perdendo o controle  ou mesmo tendo um ataque cardíaco. De fato os sofredores  de pânico dizem que os ataques são as experiências mais repentinas, assustadoras e desagradáveis que se pode imaginar.


Os ataques de pânico variam desde sentimentos de  inquietação até  surtos de imobilização e terror.  Neste estado extremo a pessoa vivencia  tensão nervosa, taquicardia e terror que atacam de repente e sem aviso.  Uma vez que eles não podem prever quando estes ataques vão acontecer, eles sempre vivem em constante preocupação de que um outro ataque acontecerá  a qualquer momento.

Ataque de Pânico ou Ataque de Ansiedade?

Apesar dos ataques de pânico também acontecerem nas pessoas que estão sofrendo outros transtornos de ansiedade,  há uma diferença entre ansiedade e pânico. A atual diferença está na duração e intensidade dos sintomas. Ataques de pânico são episódios que duram apenas um curto tempo, enquanto ataques de ansiedade ocorrem mais gradualmente e são normalmente menos intensos, mas  permanecem por longos períodos de tempo.

Se um doente  tem estado preocupado sobre ter outro ataque de pânico por um mês ou mais, ou se ele fez mudanças significativas em seu comportamento para evitar lugares onde ele prevê ter um ataque, ele pode ser diagnosticado como doente do transtorno de pânico. O transtorno de pânico difere do ataque de pânico porque o indivíduo sofrerá  frequentes e inesperados ataques.

Sintomas do ataque de pânico

Um ataque de pânico acontece quando a reação do corpo de fugir ou lutar é estimulada na hora errada. Esta é uma resposta fisiológica involuntaria que acontece quando o corpo esta se preparando para lidar com uma emergência ou situação de perigo.  Quando o estresse causa um aumento de adrenalina isso causará no corpo o aumento do metabolismo para rapidamente produzir energia.

Os músculos tornam-se tensos,  os batimentos cardíacos e a respiração aceleram e a composição do sangue realmente muda levemente. Os sinais e sintomas de um ataque de pânico alcançam a intensidade máxima  em poucos minutos e normalmente desaparecem em 20 minutos, embora em alguns casos eles possam durar até 30 minutos.  É igualmente possivel alguém experimentar um ataque quando se esta acordando de um  sono profundo.

Sintomas do Ataque de Pânico incluem:

- falta de ar
- palpitações,  aumento dos batimentos cardíacos
- dor no peito
- agitação ou tremores
- sensação de asfixia
- transpiração, calor ou ondas de frio
- náusea, vômitos, dores abdominais e estomacais
- inconstante, perturbado, abatido
- sensação de desapego de si mesmo
- dificuldade de engolir
- dormência ou formigamento
- medo de perder o controle, ficar maluco ou morrer

A maioria das pessoas que sofrem de ataques de pânico possuem de 20 a 30 anos e é incomum o primeiro ataque ser experimentado  durante os anos da adolescência ou depois dos 40 anos de idade. Mesmo as pessoas que são consideradas emocionalmente bem ajustadas estão propensas aos ataques de pânico, o que reforça a evidência de que isso é uma reação bioquímica responsável pelo transtorno  e que não é puramente psicológica.

Abordagem natural aos ataques de pânico

Usar remédios naturais para os ataques de pânico pode ser tão efetivo quanto usar medicamentos prescritos, mas você não terá os efeitos colaterais desagradáveis.
Drogas psicotrópicas podem causar muitos efeitos colaterais físicos tais como boca seca, constipação, problemas sexuais, sonolência, palpitações cardíacas e mais.  Alguns  medicamentos antidepressivos e anti ansiolíticos podem até mesmo causar ansiedade, o que não é útil na prevenção da ocorrência dos ataques de pânico.

Como os óleos essenciais podem ajudar

Ataques de pânico são frequentemente seguidos por sensação de impotência (abandono), depressão e pavor, e doentes dos transtornos de pânico frequentemente dizem que eles tem um grande medo de sofrer um outro ataque. Viver nesta tensão é óbviamente extremamente estressante, e esta é uma área importante onde a aromaterapia pode trazer alívio adequado devido as propriedades calmantes e relaxantes de certos óleos essenciais.

Os óleos essenciais apropriados podem ajudar a acalmar a mente, diminiur a ofegação, e ajudar a trazer de volta a estabilidade para o corpo todo. Apesar de trabalhar com pessoas que sofrem com transtornos de pânico em minha clínica, eu descobri que a poderosa combinação de óleos essenciais e massagem muitas vezes provou ser tão boa, se não melhor, do que muitas outras formas de tratamento que meus clientes já tentaram – especialmente quando usados em combinação com aconselhamento ou hipnoterapia.

Óleos essenciais clamantes

Óleos essenciais calmantes e relaxantes como bergamota, salvia esclareia, frankinicense (olibano) camomila romana, melissa, neroli, rosa attar, sandalo, vetiver e ylang ylang podem  ajudar a instalar uma sensação de calma, e podem ser uzados efetivamente sozinhos ou como forma de apoio para outros tratamentos.
Para melhores resultados escolher 2 ou 3 óleos essenciais da lista acima e diluí-los em um óleo carreador e pedir ao seu parceiro para fazer uma massagem nas costas. Se isso não for possivel, os óleos podem ser utilizados em um bom banho relaxante, adicionados no difusor ou mesmo inalado diretamente em um tecido quando você sentir que um ataque esta vindo.

Aromaterapia é sem dúvidas uma das melhores formas de medicina preventiva disponível hoje e funciona bem em conjunto com a medicina alopática. Quando usada corretamente, a aromaterapia pode ajudar a manter um estado mental relaxado e calma o que pode ser muito útil para os doentes,  ajudando a prevenir os apuros recorrentes dos ataques de pânico quando outras formas de tratamento tem se provado ineficazes.

Texto escrito por Sue Charles , membro da IFPA, é  aromaterapeuta clínica e professora com mais de 20 anos de experiencia.
Artigo original em: http://www.quinessence.com/blog/essential-oils-for-panic-attacks

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...