terça-feira, 26 de novembro de 2013

Protetor solar Natural em barras

Verão já ta quase ai. O sol começa a esquentar, mesmo aqui em São Paulo onde todos os climas e estações ocorrem em um mesmo dia.

Todo mundo já esta careca de saber que a exposição excessiva ao sol pode causar problemas graves de pele, incluindo o câncer de pele. Então é bom não vacilar e se proteger. E para isso devemos fazer uso dos protetores solares. Mas afinal.....o que de fato existe dentro deles? E o que significa o tal FPS?

Vamos lá:

Em primeiro lugar, a pele é feita de camadas:

- extrato córneo (camada externa superficial)
- epiderme
- derme
- hipoderme

os protetores solares foram desenvolvidos para proteger a pele dos raios solares. Estes raios nada mais são do que radiação eletromagnética que pode ser classificada em função do seu comprimento de onda.

Esta energia emitida pelo sol pode ser medida e divida em:

  • raio infravermelho: atinge a hipoderme causando bioestimulação (aumento da circulação sanguínea e linfática e aceleração do metabolismo celular)
  • raio vísivel: atinge a derme causando poucos efeitos sobre a pele, estimula a produção de melanina
  • raio ultravioleta: atinge até a derme causando benefícios (síntese de vitamina D e melanina, ação bactericida e fungicida)  e malefícios (queimaduras, fotoalergias, envelhecimento celular e alterações celulares). Estes raios se dividem em A, B e C.


Os raios UVB e UVA são os mais nocivos ao organismo, pois atingem as camadas mais profundas da pele causando destruição das células, aumento da produção de melanina, destruição do colágeno e elastina e ataque ao DNA levando a mutações genéticas.



O FPS significa Fator de Proteção Solar e ele indica quantas vezes mais você pode ficar exposto aos raios solares sem ter danos a pele. Os FPS variam de 3 a 60 e funcionam assim: se uma pessoa com determinado tipo de pele aguenta ficar exposta ao sol sem proteção por 3 minutos sem ter queimaduras, se ela utilizar um protetor de FPS 15 isso significa que ela pode se expor ao sol por um período 15 vezes maior àquele que ela se exporia sem proteção, ou seja 45 minutos. Se usar o FPS 30 ela poderá ficar ao sol por 90 minutos e assim por diante. Quanto maior o FPS , mais tempo de exposição segura sob o sol.

Os protetores solares na verdade se dividem em duas categorias:

  • Químicos que possuem o FPS até 30 e absorvem os raios ultravioleta
  • Físicos que possuem FPS acima de 40 e formam uma barreira bloqueadora dos raios ultravioleta dispersando-os.

Ótimo, até aqui entendemos que os protetores são indispensáveis a saúde de nossas peles mas, é exatamente aqui que começam os problemas e as discussões.

Geralmente os protetores são formulados com pelo menos 1 dos 3 ingredientes que estão no topo da lista dos mais polêmicos:

  • Ácido aminobenzóico (PABA)
  • Oxibenzona
  • Retinil palmitato
O ácido aminobenzóico (PABA) tem como função filtrar a radiação.Quando absorvido pela pele pode danificar o DNA, gerar radicais livres e aumentar o risco de câncer.  Ele é um dos ingredientes "restritos/proibidos" na lista do governo canadense.

A oxibenzona tem função de absorver a luz e pode causar disfunção hormonal e efeitos cardiovasculares significativos. Esta na lista de ingrediente proibidos na Suécia.

O retinil palmitato é um ingrediente comum nas formulações de cosméticos. Ele é um derivado do retinol (vitamina A), que nos cosméticos tem como função principal conferir emoliência a pele.

Ele parece ser inofensivo, no entanto, o EWG (Environmental Working Group) - organização americana que realiza pesquisas na área de produtos químicos tóxicos - atribuiu nota 8 à ele, em uma escalda de risco de 0 a 10. Segundo a organização quando exposto a luz ultravioleta forma radicais livres tóxicos que produzem mutações genéticas.
O FDA também publicou um estudo recente mostrando que o retinil palmitato quando em contato com a luz acelera o desenvolvimento de lesões e tumores.

Enfim, existem outros ingredientes na composição dos produtos estéticos e protetores que também estão sendo alvo de pesquisas pois apontam para resultados não positivos para nosso organismo, podendo causar mutações celulares, disfunções hormonais e alergias.

Mas então como fazer para se proteger do sol?

O ideal, para quem ama tomar sol, é pegar aquele solzinho mais fraco do começo da manhã, até as 10:00h e o sol do final da tarde, depois das 16:00h. E mesmo assim deve-se utilizar um protetor solar, principalmente pessoas de pele mais clara e sensível.

Durante o resto do dia, nos horários de maior intensidade solar, deve-se evitar a exposição por um longo período e utilizar um protetor solar com fator de proteção um pouco maior.

Existem no mercado empresas que se preocupam com os resultados alarmantes e produzem produtos quimicamente corretos. A composição básica deles leva: óleos vegetais de macadâmia, abacate, girassol,  jojoba, oliva, semente de uva, manteigas de karite, manga, extratos de camomila, calêndula, aloe vera,  óleos essenciais, vitamina E, extrato de chá verde entre outros ingredientes naturais. A maioria é estrangeira e para nós um pouco mais difícil de ter acesso mas, não é tão complicado de comprar. Existem sites como Ebay e Amazon que já estão realizando e entregando compras aqui no Brasil. Os preços em dólar não são caros mas pode ser que se convertido em real, dependendo da cotação do dólar no dia, fique um pouco mais caro...mas acredito que mesmo assim nada comparado aos preços dos nossos protetores, absurdamente caros.

Porém......eis que existe uma alternativa ainda mais natural e muito mais barata!!! Sim..... fazer protetores solares apenas com ingredientes naturais como os óleos vegetais, manteigas e óleos essenciais.

Alguns óleos vegetais possuem FPS naturalmente:


Então, porque não aproveitar e fazer seu próprio protetor?!!

Esta é uma receita bem fácil. Este protetor em barra, contém o FPS entre 15 e 20. Ele é facilmente aplicável e absorvido pela pele. Também não mancha a roupa nem deixa você branca devido a adição do óxido de zinco.

Você vai precisar de:

  • 1/2 xícara de manteiga de karite
  • 5 colheres de sopa de cera de abelha
  • 1/2 xícara de óleo de coco virgem
  • 2 colheres de sopa de óxido de zinco (vende em lojas de artigos para saboaria)
  • 1 cápsula de vitamina E (você pode mandar manipular em farmácia de manipulação, a dosagem é 250 UI para cosméticos)
  • 15 gotas de óleo essencial de sua preferência (lembrando que os cítricos são fototóxicos, então evite-os)

Preparo:
Em uma panela de banho maria, coloque a manteiga, cera e óleo de coco. Deixe no fogo baixo até que os ingredientes tenham derretido e se misturado por completo. Retire do fogo e adicione o óxido de zinco, vitamina E e o óleo essencial. Misture bem. Coloque a mistura em forma de silicone e leve à geladeira por 30 minutos. Desenforme e guarde em potes de vidro herméticos, mantenha em temperatura ambiente.


Seu protetor esta pronto. Pode ser levado na bolsa em uma embalagem adequada e utilizado sempre que necessário.
Você também pode substituir os óleos vegetais pelos de sua preferência e até mesmo pelos que possuem maior FPS.

Proteja-se sempre mas tome cuidado com as formulações vendidas nas farmácias, procure sempre pelo mais saudável.




Fontes:
http://gpquae.iqm.unicamp.br/protetor.pdf
http://lookaholic.wordpress.com/2012/09/26/o-que-tem-nos-ingredientes-do-meu-protetor-solar/
http://lookaholic.wordpress.com/2012/09/
http://lookaholic.wordpress.com/2012/08/01/retinil-palmitato-nos-cosmeticos-faz-mal/
http://www.ewg.org/skindeep/

8 comentários:

  1. Maravilhoso e completo post sobre proteção solar!
    Adorei :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Monaliza,
      que bom que gostou da matéria. Fique a vontade tmbém para sugerir temas, caso tenha algum de seu interesse.

      ótimo ano pra vc.

      Excluir
  2. Olá Tahiana, ótimo post, mas achei divergente que a receita não usa nenhum óleo citado como tendo FPS bom, e não encontro quanto a manteiga de karitê tem de FPS, vc saberia alguma fonte? estou procurando, mas parece não ter nenhuma boa pesquisa sobre o assunto, algo mais fundamentado. Grata pela ajuda. Trabalho com produtos naturais e quero fazer um protetor solar natural. =) http://purachuva.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Gandha, nesta receita tem o óleo de coco (babaçu) que possui FPS entre 2 a 8, mas você poderá substituir com qualquer outro da tabela mencionada. Quanto a manteiga de karité, ela tem ácido cinâmico que atua como filtro solar natural e potencializa o efeito dos outros óleos. Realmente em nenhum estudo que tenho aqui diz exatamente quanto de FPS tem a manteiga de karité....acho que seria necessário perguntar a algum químico ou empresa produtora que tenha laudos mais detalhados. E para um efeito mais intenso de proteção coloque a quantidade de 5 a 20% dela na receita mais um dos óleos com FPS. Se quiser um protetor mais potente utilize os óleos com maior FPS. =)

      Excluir
  3. Quero reunir minhas amigas para tomar sol e fazer alongamento deitada, . Achei muito beneficios me ajude se puder ,isto o sol da manhã, .Obrigada .Primavera.

    ResponderExcluir
  4. Olá, moro em Manaus (uma cidade quente o ano inteiro) e nos é recomendado utilizar protetor solar diariamente. Esse protetor solar natural é indicado para uso diário?

    ResponderExcluir
  5. Se eu passar um dos oleos direto no rosto ou no corpo sem fazer a receita complete, terei a protecao solar? Ou ela precisa desse processo todo?

    ResponderExcluir
  6. Sabe me dizer como faço para subir o fps para 50?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...